Loading...

Velhas fábricas de semicondutores transformadas em plantações High-Tech

Qual é o mais recente produto da Toshiba? Um notebook? Uma TV? Ou um pé de alface?

A fabricante japonesa de eletrônicos, que tem uma linhagem que remonta à década de 1930, criou recentemente uma fazenda vegetal dentro de uma fábrica abandonada em Yokosuka. Num passado não tão remoto, os disquetes rendiam milhões para o local. Quando tornaram-se obsoletos, a fábrica foi encerrada (no início de 1990), e permaneceu abandonada por décadas, até que a Toshiba decidiu criar uma fazenda de cultivo de alface, espinafre e outros vegetais de folhas verdes. Mas não se trata de  alface comum, pois ele é cultivado não em solo, mas em uma formulação especializada de nutrientes e fertilizantes em salas limpas, onde a Toshiba fabricou outrora os eletrônicos delicados. Os produtos são tão limpos que não precisam lavá-los antes de comê-los.


A limpeza dentro das salas é rigidamente controlada, assim como a pressão do ar, temperatura e iluminação.  Funcionários entram em trajes especiais depois de lavarem bem as mãos. E, son forma alguma, eles utilizam pesticidas.


A Toshiba planeja vender sacos de saladas e legumes cortados em lojas de conveniência e supermercados. A instalação está prevista para produzir 3 milhões de unidades/ano de produtos hortícolas, incluindo alface de folha e ervas, ainda nesse ano.


E a Toshiba não é a única indústria de semicondutores que entrou no ramo da agricultura. Em maio do ano passado, a gigante de eletrônicos Fujitsu Ltd. começou a enviar produtos hortícolas produzidos em salas limpas de uma fábrica de semicondutores em Fukushima. A alface cultivada por Fujitsu tem níveis muito baixos de potássio - cerca de um quinto do que alface tradicional contém, o que é perfeito para aqueles com insuficiência renal que estão em diálise, uma vez que não podem tolerar potássio muito bem.



A Hitachi também opera um sistema de agricultura com gerenciamento de TI que fornece a  previsão de crescimento e determina a melhor época de colheita para as culturas de cereais, como o trigo, que tem uma janela de colheita ideal no Japão de apenas uma a duas semanas.


Outro fabricante de eletrônicos, a Sharp está cultivando morangos japoneses em uma instalação de 108 metros quadrados em Dubai, usando iluminação LED controlada - uma tecnologia de purificação de ar e sistemas de monitoramento de umidade e temperatura para otimizar o crescimento da fruta. Da mesma forma, a Panasonic está produzindo a sua própria marca de espinafre em uma instalação em Cingapura enquanto a abandonada fábrica de semicondutores da Sony em Miyagi, Japão hoje é a maior fazenda do mundo iluminada por LED.


tecnologia 7435304881493936633
Página inicial item

Instagram

Facebook

Twitter

receba nossa newsletter

Destaque

Quanto cobrar pelo serviço de design ou ilustração? Para iniciantes na área.

Quanto cobrar pelo design? Como calcular o valor do meu trabalho? Uma dúvida que eu, você e todo profissional liberal tem (independente...